Tendências

Soleira: tudo o que você precisa saber 

soleira

A soleira é uma peça de acabamento importante para uma casa, que pode ter várias funções, como trazer mais harmonia entre os revestimentos e marcar a transição entre cômodos. Além disso, há vários tipos de soleira para deixar a sua casa mais elegante. Mas seu uso da forma errada pode ter o efeito estético contrário do esperado.

A soleira é um item estético e funcional, que pode ser usado tanto em ambientes internos, como externos. Apesar de estar mais acostumado em ver a opção da porta, esse acabamento pode ser usado mesmo que não haja uma.

Como a soleira traz harmonia entre os revestimentos, é importante escolhê-la de acordo com as combinações certas. Confira, então, como usar esse item e as suas funções!

blank

O que é soleira?

A soleira, nada mais é, que um elemento de acabamento instalado embaixo da porta ou entre as divisões de ambientes e pisos. Esse item estático tem forma de uma faixa retangular, com a largura sendo igual à do batente.

É preciso ressaltar que soleira não é a mesma coisa que peitoril, que é instalado em janelas para proteger as paredes da umidade.

Para que serve?

A principal função da soleira é enfatizar a divisão entre um cômodo e outro. Mas ela também serve para marcar desníveis entre ambientes e, quando usada na porta de entrada da casa, é usada para valorizar o espaço.

Apesar de ser importante para uma boa estética, a soleira também tem funcionalidades práticas, por exemplo, facilitar a limpeza da casa e a locomoção das pessoas. Enquanto em ambientes úmidos, como cozinhas e banheiros, ela impede possíveis vazamentos e alagamentos, assim como na entrada de casa, no caso de chuvas fortes.

Quais os tipos?

Confira, a seguir, os tipos de soleira:

1. Soleira de granito

A versão granito é uma das usadas atualmente no mercado, sendo que esse material é facilmente encontrado em lojas de construção. Além de funcionar na maioria dos ambientes, também tem um preço em conta e é bastante resistente, uma vez que esse material absorve pouca água e é difícil de manchar. Por isso, é bastante indicada para ambientes externos.

Do ponto de vista estético, a soleira de porta de granito pode ser combinada com diferentes pisos sem maiores dificuldades, já que tem várias cores.

2. Soleira de Mármore

Apesar de mais cara, a soleira de mármore, geralmente, traz mais sofisticação para o ambiente. Dentre esse tipo, a mais usada é a de mármore branco, por ser neutra.

No entanto, a soleira de mármore não é recomendada para ambientes externos, banheiros ou cozinhas, devido a umidade, uma vez que esse material tem uma alta porosidade, ficando escorregadia e manchando com facilidade.

3. Soleira de Porcelanato

Além de prática, é também uma boa opção estética. Uma das vantagens é que a soleira de porta, desse tipo, pode ser feita com sobra de material da obra.

Há várias opções de soleira de porcelanato, mas a escolha vai depender do tamanho da peça, que deve ter a mesma largura do batente da porta.

4. Soleira de Pastilha

Esse tipo, esteticamente, é o mais marcante e ousado, chamando bastante atenção para o piso. Mas para que fique um ambiente harmônico, o indicado é que, caso haja pastilhas nos revestimentos do espaço, seja usado o material nas mesmas cores.

blank

Como utilizar?

Como dito anteriormente, a soleira é um item de acabamento valioso para quem deseja trazer mais elegância e até sofisticação para um projeto. Mas o seu uso da forma errada pode tornar o ambiente desarmônico, ao invés de trazer beleza.

1. Cor

Quando se trata da soleira, não há regras específicas, mas é preciso ressaltar que cada escolha terá um efeito sobre o ambiente. Em relação à cor da soleira da porta, há duas opções: combinar ou não combinar com a cor do piso.

Caso o objetivo seja dar mais amplitude para o espaço, é preciso fazer o item passar despercebido, então, o recomendado é utilizar esse item com a mesma cor ou com um tom próximo ao piso. Por outro lado, se a ideia é dividir bem os espaços ou marcar desníveis de degraus, o mais indicado é escolher uma soleira diferente do piso. Mas sempre é indicado que a soleira não fuja muito da paleta de cor dos ressentimentos.

2. Combinar ou não com as pingadeiras

As pingadeiras são acabamentos que ficam rentes as janelas. Mas, é recorrente a seguinte dúvida: as soleiras devem combinar com esse outro item de decoração? Novamente, não há uma única resposta.

Mas vale a máxima: os acabamentos precisam ter harmonia entre si. Por isso, uma dica é apostar no mesmo material, de preferência na mesma cor, para a soleira e a pingadeira. Se optar por matérias diferentes, você deve se certificar de que o resultado será equilibrado e agradável visualmente.

3. Combinar ou não o material da bancada com a soleira

Apesar de você poder combinar a soleira com o balcão da cozinha, fazer isso não é necessário. Ou seja, o material da bancada não precisa ser o mesmo do acabamento do piso.

4. Onde usar

É indicado usar a soleira em desníveis ou degraus para dar destaque. Sendo assim, nesse caso, o mais recomendado é escolher materiais de cores diferentes do piso, que deem destaque.

O item também é essencial para setorização, marcando muito a divisão entre os ambientes, mesmo nos ambientes que são integrados, criando um limite imaginário.

Na entrada da casa, a soleira de porta é um item estético de peso, pois valoriza esse espaço e ressalta o início do piso que será usado no resto do projeto.

5. Alinhamento

A soleira deve estar alinhada com o piso de nível mais elevado e ter o acabamento polido direcionado para o cômodo com o piso de nível mais baixo. Isso é claro em ambientes com uso de água, como cozinhas, banheiro e na entrada de casa. Já no em espaços internos, a soleira deve estar no mesmo nível dos pisos.

6. É um item obrigatório?

Apesar de ter as suas funções estéticas e até mesmo práticas, não é obrigatório usar a soleira de porta. Uma opção é usar um piso único em vários ambientes, não havendo, então, a necessidade usar esse acabamento, uma vez que a sua principal função é dividir espaços com pisos diferentes.

No entanto, lembre-se que, mesmo nesses casos, excluir o item do projeto é complicado, já que ele interfere na paginação do piso. Dessa forma, mesmo não sendo obrigatório, o ideal é usar a soleira sempre que houver uma mudança de ambiente. Assim, você evita em sua casa cortes de pisos feios e desarmônicos.

Conheça o Amigo Construtor

Agora, você já sabe tudo sobre soleira, mas se quiser ter acesso a mais dicas sobre construção e instalações, além de treinamentos com vídeos, acesse o site Amigo Construtor, uma plataforma de relacionamento com profissionais e revendedores da construção criada pela InterCement Brasil, uma das líderes na produção de cimento no Brasil. A rede conta com milhares de cadastrados e de acessos e seguidores nas redes. Além disso, se você quiser ajuda para escolher o “piso ideal“, que seja mais seguro para o seu animalzinho, acesse nosso site!

Gostou? Compartilhe!
De um a cinco, que nota você dá para esse conteúdo?
E aí, ficou com alguma dúvida ou quer comentar algo sobre esse conteúdo?




    Mais Artigos Sobre Tendências