Construção

Sistema hidráulico: tudo que você precisa saber 

Sistema hidráulico de uma obra em construção.

Você já ouviu falar de sistema hidráulico? É um aspecto essencial para a sua construção, pois está relacionado ao abastecimento, à distribuição e ao escoamento de água e fluidos. Então, entender esse sistema é crucial para uma obra bem-sucedida e sem problemas futuros. Veja tudo que você precisa saber sobre o assunto a seguir!

rede do amigo

O que são os sistemas hidráulicos?

Antes de partirmos direto para a definição de sistema hidráulico, é preciso compreender um conceito físico: a hidráulica. Essa ciência é responsável por estudar o comportamento e as características de fluidos, estejam eles em repouso ou em movimento (confinados ou em escoamentos, em termos técnicos). 

Existe uma lei fundamental da hidráulica, a Lei Pascal, que diz que uma pressão exercida, independentemente de que ponto, de um fluido em repouso, é igual para todas as direções, além de exercer forças iguais em áreas diferentes. 

Assim, a hidráulica é basicamente o estudo das propriedades, do uso dos fluidos e de como eles funcionam como meio de transmissão de energia.

Sistema hidráulico na construção

Ao considerarmos o sistema hidráulico, precisamos entender que trata-se de um subsistema de uma construção, o que engloba a captação, a armazenagem e o transporte de fluidos, sem que eles se misturem. 

Dentro do subsistema do sistema hidráulico, existem as instalações de água fria e de água quente, de água pluvial (chuva), de esgoto sanitário e de sistemas de combate a possíveis incêndios.

O sistema hidráulico é utilizado, principalmente, para geração, transmissão e controle de energia por meio de líquidos pressurizados; assim, eles proporcionam alta precisão e força, além de possuírem controle de velocidade e sentido do deslocamento. Tudo isso, graças a hidráulica que mantém a pressão exercida igual nos lados de entrada e saída.

Portanto, tubulações, bombas, válvulas, registros e outros materiais de instalações hidráulicas prediais ou residenciais formam uma grande rede, abastecendo, distribuindo e escoando água e fluidos em pontos estratégicos com eficiência.

Por que os sistemas hidráulicos são parte importante da sua obra?

Agora que descrevemos o que é o sistema hidráulico (também conhecido como instalações hidráulicas), entendemos sua importância para o abastecimento de água e, consequentemente, para a higiene e saúde das casas.

Desse modo, deve ser projetado de acordo com as necessidades da obra. Logo, é preciso ter um projeto que leve em consideração diversos fatores, como a quantidade de moradores, além do tipo de obra que será feita e a rotina das pessoas do imóvel.

Caso o sistema hidráulico residencial seja mal projetado ou realizado, esse imóvel vai contar com diversos problemas, como vazamentos, poucos pontos de água, fluxo descontínuo e até mesmo desabastecimento e problemas no esgoto, o que pode ser extremamente prejudicial à saúde dos residentes.

Para que ele seja bem executado, é essencial que, no projeto da planta baixa, exista a planta hidráulica (projeto de instalações hidráulicas), ou seja, as especificações de tudo que envolva água, como pias, ralos, chuveiros, tanques e máquina de lavar roupas.

Devido à complexidade, não é indicado economizar quando se trata de fazer a instalação hidráulica do banheiro, da cozinha ou de outro ponto em que é preciso ter o abastecimento e o escoamento de água. 

Para não ter erro, é necessário que um bom profissional seja contratado para definir toda a parte técnica da instalação do sistema, apontando onde as tubulações vão passar, onde e qual será o suporte da caixa-d’água, os tubos que devem ser usados e as suas conexões, além de dar outras orientações.

Por fim, mesmo depois da construção pronta, o recomendado é sempre contar com mão de obra especializada para serviços de manutenção e para possíveis reparos no sistema hidráulico de um imóvel.

Como funcionam as instalações hidráulicas prediais?

Quando bem instalado, o sistema hidráulico é muito eficiente, por se tratar de algo capaz de movimentar e criar força mecânica a partir da pressurização de fluidos. É uma parte vital de qualquer construção e complementar ao projeto feito pelo arquiteto.

Assim, para que o especialista em sistema hidráulico consiga criar um projeto satisfatório, é preciso fazer o cálculo do consumo médio do imóvel, das conexões necessárias nas redes de distribuição, das cargas de cada ponto e das perdas de pressão durante o percurso. 

Além desses fatores, o especialista define a quantidade de ramais de distribuição, os diâmetros das tubulações e o posicionamento adequado.

Confira, a seguir, as principais instalações de um sistema hidráulico predial:

Instalações de água fria

As instalações de água fria no sistema hidráulico devem ser projetadas, feitas e utilizadas de uma forma que evite, ao máximo, problemas de corrosão ou a degradação do sistema. A instalação hidráulica de água de rede pública pode ser:

  • direta — realizada apenas com a rede pública de abastecimento de água;
  • indireta — realizada apenas com um reservatório próprio de água;
  • mista — quando o abastecimento é feito pelo sistema direto e indireto.

Instalações de água quente

As instalações de água quente no sistema hidráulico estão, geralmente, nas partes do imóvel que levam água aquecida para pontos como os banheiros e a cozinha. 

A água é aquecida graças a um aquecedor, que pode ser tanto do tipo de acumulação (os famosos “boilers”) quanto de passagem. Em algumas edificações, existe um sistema coletivo de água aquecida no sistema hidráulico.

Instalação de esgoto sanitário

Quando se trata de esgotos sanitários em prédios, pode-se incluir ramais dentro dos apartamentos, que agem como tubulações, responsáveis por conduzir a água para o encanamento de sistemas coletivos.

Esses sistemas coletivos são colunas verticais, coletores e caixas de inspeção. A água residual tem destino para uma rede coletora pública e, caso ela não exista na região, esse imóvel deve ter a sua própria unidade de tratamento e de destino do esgoto.

Instalação de águas pluviais

A instalação hidráulica de águas fluviais aproveita a água da chuva, sendo composta por rufos, calhas, grelhas, cisternas, entre outros materiais.

Sistema hidráulico com as melhores instruções

É importante ressaltar que, quando o assunto são as instalações hidráulicas, é necessário contratar um profissional especializado no assunto para que o projeto seja feito e executado corretamente. Se você quiser aprender mais sobre reformas, obras e temas técnicos da construção civil, confira mais conteúdos do portal Amigo Construtor!

 

 

Assuntos relacionados:
Gostou? Compartilhe!
De um a cinco, que nota você dá para esse conteúdo?
E aí, ficou com alguma dúvida ou quer comentar algo sobre esse conteúdo?




    Mais Artigos Sobre Construção