Revestimento de piso: cuidados ao nivelar diferentes tipos 

Nivelamento de pisos com revestimentos diferentes

O revestimento de piso é a camada externa que vai por cima do contrapiso e tem como função proteger e decorar os ambientes. Com diferentes formatos, texturas e cores, essas peças possuem aplicação bastante versátil. 

Ambientes com mais de uma função, por exemplo, podem se beneficiar com a aplicação de diferentes tipos de revestimento, deixando aparente a funcionalidade de cada espaço. Contudo, ao misturar mais de uma opção da peça são necessários alguns cuidados para que o acabamento possa atender o esperado, visto que um dos maiores desafios neste tipo de projeto é conseguir uma aplicação nivelada. 

Confira neste conteúdo as dicas do Amigo Construtor para conseguir um resultado nivelado ao instalar pisos com revestimentos diferentes!

Sempre considere as características dos revestimentos de pisos 

Para evitar erros ao trabalhar com revestimentos de pisos diferentes, o melhor caminho é considerar as características de cada uma das peças que serão utilizadas. Para isso, analise sempre o tipo de material, acabamento, textura e dimensões.

Entenda melhor o que avaliar em cada um desses traços: 

Materiais

Os materiais dos revestimentos podem ser diversos, desde cerâmicas e porcelanatos, até madeira e PVC. Na hora de manusear as peças, é importante fazer escolhas que sejam similares na funcionalidade, mesmo quando apresentam composições distintas. 

Um ótimo exemplo de boa aplicação, são as cerâmicas e porcelanatos, ideais para ambientes mais frios e úmidos, como os banheiros, cozinhas e áreas externas. Ao optar por misturar revestimentos nesses espaços, esses tipos de materiais funcionam bastante e um não interfere na função do outro.

Acabamentos 

Os acabamentos dos revestimentos se referem ao tipo de recorte da peça. Esse detalhe interfere bastante na hora de fazer a instalação e no resultado do nivelamento, visto que, dependendo do modelo, elas não serão acopladas de forma natural. 

Entre as opções de acabamentos do mercado, as mais comuns são bold ou retificado, as quais possuem as seguintes características:  

  • bold – conta com bordas arredondadas ou abauladas. A sua instalação exige um espaçamento de 4 a 10 mm entre uma peça e outra, a depender do modelo;
  • retificado – conta com bordas retas e quando produzido, este material é cortado com alto grau de precisão. A sua instalação exige um espaçamento de 1 a 2 mm de rejunte, sendo a opção mais usada do mercado. 

As orientações do fabricante quanto ao espaçamento devem sempre ser seguidas. Se não forem respeitadas, podem gerar problemas na obra como trincas e quebras do piso.

Texturas 

As texturas também são extremamente importantes na hora de decidir combinar diferentes tipos de revestimentos. Apesar de muitas vezes terem um apelo estético, elas também envolvem questões de manutenção e segurança.

É o momento das texturas que envolve a escolha de uma opção antiderrapante para área externa, por exemplo, e ao mistura-la com uma peça lisa, você pode prejudicar o projeto. Por isso, considere sempre as características das opções: 

  • Porcelanato mate ou acetinado –  é o porcelanato que não possui brilho e pode ser utilizado em qualquer ambiente interno;
  • Porcelanato polido – de superfície lisa e brilhante, ele pode ser bastante escorregadio e por isso é mais indicado para áreas internas como salas, quartos, corredores e cozinha. Se você considerá-lo para colocar como revestimento para banheiro, você deve ficar atento para o quanto esse piso pode ser escorregadio;
  • Porcelanato externo – esse revestimento conta com uma superfície antiderrapante, sendo indicado para ambientes externos, descobertos e/ou com contato direto com a água,  como piscinas, garagens, rampas, calçadas e escadarias.

Dimensões

As dimensões dos revestimentos escolhidos também podem influenciar no resultado. Ainda que seja possível fazer cortes conforme o tamanho do ambiente, haverá um custo extra por conta da necessidade da máquina de corte de porcelanato ou cerâmica. Escolher as medidas compatíveis poupará esse trabalho e ainda garantirá um resultado agradável.

Como nivelar pisos com revestimentos diferentes? 

Piso revestido assentado com modelos diferentes

Ao nivelar pisos com revestimentos diferentes, considere os três passos a seguir para conseguir o melhor resultado: 

  • Passo 1 – Para fazer o nivelamento do piso com revestimento diferente você deve começar assentando o piso com maior espessura, com os materiais adequados para o tipo escolhido. Ou seja, escolha argamassas de assentamento e rejuntamento próprias para porcelanatos, cerâmicas, colas para pisos vinílicos etc. 
  • Passo 2 – Depois de assentar as peças maiores, preencha a diferença de espessura necessária com uso de uma argamassa de nivelamento. Tenha sempre o cuidado em deixar livre o espaço necessário para a peça e também para a massa. E para evitar erros, prefira produtos industrializados e os aplique conforme as orientações do fabricante.
  • Passo 3 – Aguarde o tempo indicado na embalagem antes de proceder com a instalação do piso mais fino. A aplicação do revestimento varia de material para material, por isso, considere sempre as instruções do fabricante e em caso de dúvidas, sempre considere as orientações básicas.

Dicas do Amigo Construtor para um acabamento impecável

Se você deseja um acabamento ainda mais perfeito, além de dar atenção à etapa do contrapiso e da escolha da argamassa, é importante tomar alguns cuidados estéticos. Para isso, prefira unir pisos com cores diferentes. O contraste entre eles facilitará a definição de cada ambiente.

Outra dica importante é evitar misturar estampas em um mesmo espaço. Por exemplo, mesclar duas estampas diferentes de mármore pode não ser uma boa escolha, pois pode deixar o ambiente carregado.Com todas essas informações em mãos, você terá um resultado incrível e acima de tudo, funcional! Para acompanhar mais dicas de acabamento na obra, continue a navegar no portal do Amigo Construtor.

Assuntos relacionados: , ,
Gostou? Compartilhe!
De um a cinco, que nota você dá para esse conteúdo?
E aí, ficou com alguma dúvida ou quer comentar algo sobre esse conteúdo?




    Mais Artigos Sobre