Revestimentos

Que rejunte utilizar na obra e como aplicar? – Parte II 

blank

Continuação do texto “O que é rejunte e os tipos existentes no mercado”. Clique aqui e leia a primeira parte.

No primeiro texto sobre rejuntes, falamos dos tipos existentes no mercado, além de definirmos o que de fato é um rejunte. Neste texto, vamos ajudar você a escolher o rejunte ideal para sua obra e dar algumas dicas de como aplicá-lo corretamente. Confira logo abaixo! 

blank

Qual é o melhor rejunte para minha obra?

Ainda que o rejunte cimentício seja o mais utilizado em todo o país, como dito antes, no primeiro texto sobre este tema, há também como opções os rejuntes acrílico e epóxi. Confira algumas das aplicações mais comuns de acordo com o rejunte escolhido:

Rejunte cimentício: ideal para revestimentos cerâmicos em pisos ou paredes, tanto em áreas externas quanto nas internas. Seu tempo de secagem é de até 48 horas.

Rejunte acrílico: semelhante ao rejunte cimentício, o rejunte acrílico também pode ser usado em revestimentos de porcelanatos. Seu tempo de secagem é de apenas 12 horas.

Rejunte epóxi: é considerado o rejunte mais completo, não só por apresentar as mesmas características dos rejuntes cimentício e acrílico, mas também por ser adequado para revestimentos em piscinas. Para o rejunte epóxi, é necessário mais tempo de secagem, com uma espera de até 72 horas.

blank

Você também pode levar em consideração os seguintes fatores:

Cor: se você quiser que fique com aparência contínua, como se não houvesse rejunte, o ideal é utilizar a mesma cor do revestimento. Mas, se sua intenção for destacar o rejunte, escolha uma cor diferente do tom do revestimento, criando um contraste maior.

Material: porcelanato, revestimento cerâmico, pastilhas de vidro, porcelana e pedras. Confira se o rejunte é compatível com o material que será aplicado na parede.

Local: fique atento na descrição do produto, levando em consideração se o rejunte é feito para ambientes internos ou externos e se estará sujeito à ação da água ou não.

Tamanho das juntas: confira sempre a recomendação do fabricante em relação ao tamanho das juntas e ao rejunte escolhido. De forma geral, considere o seguinte: 

  • Base cimentícia: em juntas de 2 mm a 15 mm;
  • Base acrílica: em juntas de 1 mm a 5 mm;
  • Base epóxi: em juntas de 2 mm a 8 mm para pisos e de 2 mm a 5 mm para paredes.

Acabamento desejado: o rejunte cimentício resultará sempre em um acabamento mais áspero; o acrílico será liso; e o epóxi, ainda mais liso.

blank

Como aplicar rejunte corretamente?

Agora que você já consegue escolher o rejunte ideal para sua obra, que tal aprender algumas dicas de como aplicá-lo corretamente? Vamos começar!

  1. Equipamentos

Você vai precisar dos seguintes equipamentos: 

  • um recipiente limpo para fazer a mistura do rejunte (recomendado);
  • colher de pedreiro;
  • medidor de água;
  • aplicador de rejunte de piso tipo bisnaga (se necessário);
  • desempenadeira de borracha.
  1. Mistura

Após ter calculado a quantidade necessária de material a ser utilizado e ter feito a mistura dos componentes seguindo o manual do fabricante, certifique-se de que a massa tenha uma consistência grossa, encorpada e uniforme, sem grumos.

  1. Limpeza das juntas

Antes de aplicar o rejunte, limpe bem todas as juntas, garantindo que elas estejam prontas para receber o produto. Pular essa etapa pode prejudicar o resultado do seu piso.

Fique atento: Tenha em mente que, conforme falado anteriormente, de acordo com o tamanho do revestimento e o local de aplicação, a espessura do rejunte pode variar entre 1 mm e 15 mm.

  1. Cuide dos espaçadores

Antes de aplicar o rejunte, adicione espaçadores entre os revestimentos. Além de facilitar o alinhamento das peças, eles ajudam no resultado visual final. Após a aplicação do rejunte, retire-os com cuidado!

  1. Aplicando o rejunte

Seja com a bisnaga de aplicação, seja com uma desempenadeira de borracha, adicione o produto sob a peça e posicione a desempenadeira em 45 graus, pressionando para que o rejunte realmente acesse o interior das juntas.

  1. Acabamento

Após a aplicação do rejunte, aguarde entre 15 e 30 minutos para dar o acabamento. Ainda com o rejunte úmido, passe uma esponja macia e levemente umedecida com água sobre os rejuntes. Após esse passo, respeite o tempo de secagem do rejunte, evitando passagem de cargas ou pessoas. A cura total do rejunte pode chegar a 7 dias.

blank

E então? Deu para aprender um pouco mais sobre rejunte e como aplicá-lo corretamente em sua obra? Esperamos que sim!

Gostou desse conteúdo? Pois fique sabendo que aqui no site do Amigo Construtor você encontra muitos outros assuntos como esse e mais sobre o mundo da construção. E o melhor: toda semana tem conteúdo novo! Compartilhe essa notícia com seus amigos!

A comunidade do Amigo Construtor agradece!

Gostou? Compartilhe!
De um a cinco, que nota você dá para esse conteúdo?
E aí, ficou com alguma dúvida ou quer comentar algo sobre esse conteúdo?




    Mais Artigos Sobre Revestimentos