Carreira

Trabalhar com marcenaria: Entenda como é a profissão 

Homem trabalhando numa marcenaria

A marcenaria é a área que transforma madeira em peças, objetos e móveis, gerando segurança, resistência, beleza e decoração dentro das construções. Além do conceito estético e habilidade no manejo de alguns materiais e ferramentas, o marceneiro precisa ter outros conhecimentos para conseguir sucesso. Entenda neste artigo como é trabalhar na profissão e tudo o que é exigido.

blank

Como é trabalhar com marcenaria?

Muitos marceneiros aprendem com outros profissionais da área e não é necessário formação para seguir a carreira, porém, existem especializações para fortalecer as técnicas. Independente da fonte do aprendizado, quem decide trabalhar com marcenaria, precisa ter jeito para trabalhos manuais, estar sempre atento aos detalhes, acabamentos e orientações.

Além do amplo conhecimento do manejo adequado de cada madeira, desenho e montagem de diferentes itens desse material – como móveis –, o marceneiro tem que saber, por obrigação, operar máquinas e ferramentas para  manusear as peças. Assim, investir em cursos aumenta as possibilidades de crescimento e segurança. 

Um bom marceneiro também precisa saber avaliar as madeiras que serão utilizadas no projeto – dentro da possibilidade de investimento do cliente. Por isso, é extremamente importante que ele tenha conhecimento dos diferentes tipos deste material, técnicas e comunicação, para oferecer soluções que estejam adequadas às expectativas do contratante e ao orçamento disponível. 

Entre os projetos que esse profissional pode realizar, estão:

  • Projetos personalizados e exclusivos para cada cliente;
  • Otimização de ambientes;
  • Manejo de cores, texturas e acabamentos para madeira;
  • Trabalhar com esboços e demarcações;
  • Atuar na criação do projeto das peças;
  • Definir a montagem prática dos móveis;
  • Entre outros. 

Entre as dicas e soluções de construção para quem deseja trabalhar como marceneiro há algumas recomendações que vão além da técnica. Confira na sequência quais são elas.

O que você precisa para trabalhar como marceneiro

Assim como em todas as profissões da construção civil, o conhecimento técnico é fundamental para desempenhar o trabalho, mas não só isso. Como trata-se de uma área bastante manual, outra exigência é a coordenação, visto que quem atua na área também pode ser reconhecido como artesão – e como todo bom profissional que fabrica peças de forma manual, paciência e concentração são indispensáveis. 

Desenhar, calcular, cortar, medir, nivelar, lixar e dar um belo acabamento a cada peça é o que faz com que o bom marceneiro tenha destaque no mercado de trabalho. Portanto, a habilidade com números também é uma característica requerida. 

Não menos importante que os outros requisitos mencionados está a criatividade. Inovações, ousadia e originalidade costumam ser muito bem-vindas, principalmente para o cliente final, que, muitas vezes, não tem o conhecimento técnico para desenvolver aquilo que deseja.

Para que todas funções da área sejam desempenhadas, algumas ferramentas são indispensáveis para o trabalho, tais como: trena, régua de aço, graminho, malho (ou maço) de madeira, jogo de formões, esquadro de carpinteiro, riscadores, plaina, grampos e serras. Claro que quanto mais variadas as ferramentas – juntamente com o conhecimento de como trabalhar com cada uma delas –, melhores serão os resultados.

Em tempo, considere que estará constantemente trabalhando em um ambiente com barulho e poeira, o que torna o trabalho um grande desafio, principalmente a longo prazo. Sendo assim, faça sempre o uso dos equipamentos de proteção. 

Para manter a integridade do marceneiro na execução do projeto, os materiais que não podem faltar são: 

  • Óculos de proteção; 
  • Protetores auriculares (auditivos); 
  • Luvas antiderrapantes ou de raspa de couro; 
  • Máscara de proteção; 
  • Calçados de segurança; 
  • Aventais de raspa; 
  • Capacete.

 

Marceneiro montando uma cozinha planejada.

 

blank

Na parte burocrática, você pode começar como trabalhador informal e, futuramente, pode abrir uma microempresa individual, que vai garantir alguns direitos e permitir a geração de notas fiscais, o que tende a aumentar os negócios. Outra dica importante é firmar parceria com designers e arquitetos, para que você possa receber indicação e fazer parte dos projetos que eles estão desenvolvendo. 

O horário de trabalho não é uma exigência, ainda que a grande maioria trabalhe durante o horário comercial. O mais importante é manter um bom ritmo de produtividade para que os prazos sejam seguidos corretamente, evitando dores de cabeça e desentendimentos.

Como última característica, mas não menos importante, goste do seu trabalho. Entre na marcenaria por paixão e inspiração, para que os resultados colhidos sejam ainda melhores. Bons negócios!

Gostou? Compartilhe!
De um a cinco, que nota você dá para esse conteúdo?
E aí, ficou com alguma dúvida ou quer comentar algo sobre esse conteúdo?




    Mais Artigos Sobre Carreira