Revestimentos

Tipos de forro para casa: descubra o melhor para a sua obra 

teto com forro de gesso branco, com luminárias pendentes cilíndricas instaladas.

Saiba quais são os principais e como torná-los parte da decoração do seu ambiente.  

Na etapa final de uma obra acontecem algumas decisões relacionadas a acabamento, e a escolha do tipo de forro também entra nesse momento. Com diferentes características e opções, quando escolhida corretamente essa peça garante muitos benefícios ao ambiente.

Entre esses benefícios estão garantir maior conforto e beleza ao ambiente. E como o mercado disponibiliza diferentes opções de materiais de forros, é importante avaliar alguns elementos para entender qual terá melhor desempenho de acordo com as características do seu tipo de construção.

Pensando nisso, o Amigo Construtor preparou este artigo, contendo os aspectos relevantes na escolha do forro, bem como os diferenciais de cada tipo de material para você encontrar a melhor opção. Acompanhe a leitura!

Quais as principais vantagens dos forros de teto? 

Quando você for escolher o forro para sua construção, sempre se lembre das principais vantagens que essa peça deve garantir e entenda se o modelo escolhido pode proporcionar todas elas.

Entre as principais vantagens dos tipos de forros de teto, podemos destacar:  

  • Beleza da obra o forro traz uma beleza única e marcante para o ambiente;
  • Esconder fiações – ao invés de embutir as tubulações hidráulicas e elétricas na laje, o forro esconde essas peças de forma eficiente e segura, o que vai facilitar também no momento de realizar reparos; 
  • Isolamento térmico e acústico – dependendo da escolha do material, o forro ajuda a evitar ecos no ambiente e abafa ruídos externos;
  • Proteger a construção – outra funcionalidade do forro é sua capacidade em reduzir problemas de umidade e infiltração na parede;
  • Iluminação do ambiente – para projetos luminotécnicos, o forro de gesso (as sancas) auxilia no posicionamento correto de cada ponto de luz.

Vantagens e desvantagens dos principais tipos de forro 

espaço amplo com teto feito de forro de gesso, com luminárias embutidas na estrutura. Pelo cômodo estão poltronas, sofá e outros detalhes que formam uma sala de estar com ambiente integrado a um quarto.

A criatividade na inovação dos materiais de construção permite que os mais diversos materiais atuem como forro. No entanto, existem os mais famosos e funcionais, que buscam atender à maioria dos pedidos e das necessidades. 

Assim, ao comprar esse tipo de peça avalie as diferenças entre os principais materiais usados. Confira a seguir as características dos mais famosos.  

Forro de PVC

O PVC é um polímero sintético de plástico, um material leve e acessível. Por conta disso, sua utilização na obra pode trazer diversos pontos positivos, entre eles o custo-benefício. Olhando os preços do mercado, esse é o mais barato.

Além disso, é um dos tipos de forro modulares, ou seja, as peças se encaixam na hora da instalação. É bastante resistente e pode ser limpo de forma muito fácil, já que é possível molhá-lo. Os forros de PVC também permitem a implementação de lãs de vidro, o que contribui com um maior isolamento térmico. 

Entre os pontos negativos do forro de PVC está a degradação demorada do polímero sintético no meio ambiente, o que torna esse material pouco sustentável. Ademais, esse material não é muito resistente em uma situação de incêndio e seus traços estéticos também não são diferenciais. 

Forro de gesso

O forro de gesso pode ser feito com pequenas placas de gesso que se juntam para formar uma peça única, ou por drywall

Dentre as vantagens está que esse forro combina com praticamente todas as decorações feitas no ambiente. Além disso, oferece um bom isolamento térmico e acústico e é relativamente barato. Outro ponto, que leva esse material a ser muito escolhido é sua funcionalidade em projetos de luz, já que pode ser facilmente moldado. 

 Entretanto, assim como o forro de PVC, ele não é muito resistente ao fogo e nem pode estar em muito contato com a água, pois mofa ou fica amarelado. Outra desvantagem é que, apesar de ser fácil de instalar, a retirada do forro de gesso pode ser bastante destrutiva e causar danos à estrutura da casa.

Forro de madeira

​O forro de madeira é muito utilizado em ambientes rústicos, como chácaras e fazendas, mas ele também atua bem em casas urbanas. Entre as diferentes suas diferentes vantagens, está sua versatilidade na escolha do tipo de madeira, sendo possível, inclusive, aproveitar madeira de demolição para compor sua estrutura.  

Esse tipo de forro modular faz com que o ambiente fique aconchegante, além de ser muito bonito e atemporal. É ainda uma boa escolha para quem busca isolamento acústico e térmico.

Dentre as desvantagens, está seu alto custo, baixa resistência à água e, se não tratado da maneira correta, pode ser uma fonte propícia para fungos e pragas. Por isso, é necessário um cuidado periódico. 

Uma alternativa para os tipos de forros de madeira é o forro de bambu. Embora suas vantagens e desvantagens se assemelham bastante com qualquer tipo de forro de madeira, ele é uma escolha mais econômica e também sustentável.  

Forro de concreto

O forro de cimento ou de concreto é mais utilizado por seu aspecto visual, pois traz um estilo mais industrial e moderno.

Além disso, o forro de concreto traz maior facilidade na obra, já que não é preciso um grande acabamento para ficar de acordo com a estética proposta. Ele ainda é resistente à água e seu custo-benefício também é uma outra grande vantagem.

 Como desvantagem é possível citar a necessidade de um projeto de iluminação mais elaborado, pois esse tipo de forro tende a escurecer o ambiente. Outro ponto negativo desse material é o baixo desempenho como isolante térmico-acústico.

Como decidir o melhor forro de teto para a sua casa? 

teto com forro de gesso branco, com luminárias pendentes cilíndricas instaladas.

O melhor tipo de forro será determinado de acordo com características da sua obra e também opções pessoais. Assim, o material ideal varia de acordo com cada situação. No entanto, alguns elementos podem ser determinantes para sua decisão, como: 

  •  Orçamento disponível – a para instalação e manutenção do forro devem ser determinantes para sua escolha do melhor forro. Nos forros de madeira, por exemplo, há o custo de instalação e compra do material, e também a manutenção constante após a instalação para preservar a peça. 
  • Estilo do ambiente – é preciso entender a rotina da construção que receberá o forro, levando em consideração se é uma área que está constantemente exposta à umidade ou é mais seca, por exemplo. 
  • Manutenção – a limpeza e manutenção do forro é de suma importância para a sua qualidade e durabilidade. Por isso, é preciso ficar atento ao tipo de necessidade de cada tipo de material, para entender se ela se enquadra em seu estilo de vida. 

A decisão do forro é uma das principais atividades no acabamento da obra e ao considerar essas informações você irá encontrar o melhor material para usar. E se você mora em Belo Horizonte e busca produtos de qualidade para sua obra, visite a loja de material de construção do Amigo Construtor e receba em casa!

Assuntos relacionados:
Gostou? Compartilhe!
De um a cinco, que nota você dá para esse conteúdo?
E aí, ficou com alguma dúvida ou quer comentar algo sobre esse conteúdo?




    Mais Artigos Sobre Revestimentos