Como calcular material de construção e não errar na hora da compra? 

canteiro de obras com pessoa nivelando o concreto com a ajuda de espátula de pedreiro.

Construir envolve planejar, especialmente o orçamento. Nesse ponto, o interessante é saber calcular o material de construção. Com isso, você evita dor de cabeça pela falta de algum item, o que pode atrasar sua obra ou provocar desperdício e perda de dinheiro. Descubra neste artigo como fazer esses cálculos de forma adequada! 

Como calcular o material de construção para sua obra?

Na construção civil é preciso ter atenção a diferentes detalhes, sendo um deles os insumos que você vai precisar para sua obra. E, nesse ponto, muita gente fica perdida em como descobrir a quantidade que será necessária de cada material de construção. 

É importante ter essa preocupação, pois fazer um cálculo aproximado significa não apenas economia, mas também agilidade. Afinal, você evita ter o canteiro de obras parado porque um item não foi suficiente para concluir o trabalho. Ou então, o contrário, que é quando você tem a sobra de insumos que não foram utilizados. 

É claro que haverá perdas, especialmente por algum item que se quebra, como pisos ou telhas. Logo, a primeira dica para não ter problema, é sempre comprar 10% a mais do que o previsto, dependendo do material. Mas, para não ter erro, é muito importante que você saiba a quantidade exata para determinar a compra extra. 

Para isso, é importante levar em conta dois aspectos essenciais, como:

Área da obra

Tenha em mente a área da obra para facilitar a compra do material de construção, visto que tijolos, blocos e revestimentos, por exemplo, são vendidos por metro quadrado. Dessa forma, considere as dimensões de paredes, muros e outras áreas que vão receber tinta, revestimento ou outro material para saber quanto de insumo você vai precisar.

Além disso, mesmo que você tenha que comprar os materiais por quilo ou litro, como é o caso do cimento, também é interessante saber a metragem para descobrir quanto de cimento por m² você vai precisar para fazer o concreto.

Tipo do produto

Além da área, saiba que para cada tipo de material a conta pode variar. Por exemplo, saber como calcular as ferragens de uma obra é diferente de entender a quantidade de telhas ou outros itens específicos. Por isso, é fundamental sempre utilizar a fórmula correta a fim de obter a quantidade aproximada do insumo necessário. 

Os cálculos dos principais materiais utilizados na construção

mão fazendo cálculos em calculadora verde

Como você viu, a conta pode variar de acordo com as especificidades do material de construção. Assim, o melhor caminho é sempre entender as contas para os itens mais usados e com isso, ir analisando de acordo com as situações. 

Veja abaixo alguns exemplos para calcular materiais tradicionais na obra: 

Argamassa

Para fazer o assentamento de blocos, tijolos, pisos e revestimentos, bem como para nivelar as paredes que vão receber a tinta, é essencial utilizar a argamassa. 

Para não ter erro, primeiramente, verifique na embalagem do material qual é o seu rendimento. Em geral, cada 5 kg de argamassa são suficientes por metro quadrado. Dessa forma, ao comprar um saco de 20 kg do produto você tem material para uma área de 4 m². 

No entanto, caso a argamassa seja aplicada no verso e base de um revestimento, é preciso dobrar esse valor, ou seja, serão 10 kg de argamassa por m².

Cimento

Assim como a argamassa, um item indispensável para sua obra é o cimento, pois, a partir dele, é produzido o concreto. Para comprar uma quantidade aproximada do material, basta levar em conta que você vai utilizar cerca de 10 litros de cimento para cada metro quadrado. No caso da areia que será necessária para a massa, basta multiplicar esse valor por três, ou seja, 30 litros de areia por metro quadrado.

Blocos e Tijolos

Ao calcular a quantidade de blocos e tijolos, você vai notar que há diferentes tipos desses materiais. Assim, o primeiro passo é considerar a área total que será construída (altura x comprimento), descontando os vãos para as esquadrias (portas, portões e janelas).

Depois, basta escolher o modelo de bloco ou tijolo e verificar suas dimensões. Com isso, você calcula a área da peça escolhida e descobre quantos serão utilizados por metro quadrado. Feito isso, é só multiplicar pela área total que você calculou no início para saber a quantidade necessária. 

Tinta 

Por fim, para saber quantas latas de tinta você vai usar, calcule a área da parede, teto ou outra superfície que será pintada. Para isso, basta multiplicar o comprimento pela altura. 

Com esse valor em mãos, é só verificar o rendimento da tinta por m² e considerar a quantidade de mãos necessárias. 

Nesse sentido, verifique com o pintor todos os detalhes, inclusive a respeito do tipo de tinta de acordo com o ambiente. Vale ressaltar que paredes mais porosas precisam de uma quantidade maior de tinta para ter um acabamento de qualidade. Para evitar a falta do produto, os profissionais recomendam comprar de 5 a 10% a mais de tinta.

 

Calcule de forma gratuita com a calculadora do Amigo Construtor 

mão com parafusadeira instalando dobradiças em hastes de madeira

Como você viu, para calcular a quantidade de material de construção é preciso considerar o tipo de produto. Para não errar, se possível, consulte um profissional, como engenheiro ou arquiteto.

Uma outra dica para fazer os cálculos com segurança e praticidade é utilizar a calculadora de material de construção do Amigo Construtor. É muito simples: você apenas informa os valores da área a ser construída que o resultado aparece na sequência! 

Com ela você descobre quanto vai precisar de cimento, cal e areia para fazer o reboco, por exemplo. Consegue saber ainda quantos sacos de cimento, e a quantidade de areia e brita que vai precisar para construir a laje. Ganhe tempo e economize, acesse a calculadora do Amigo Construtor!

Gostou? Compartilhe!
De um a cinco, que nota você dá para esse conteúdo?
E aí, ficou com alguma dúvida ou quer comentar algo sobre esse conteúdo?




    Mais Artigos Sobre